Até quantos anos o filho tem direito ao plano de saúde?
idade-filho-plano-saude

Até quantos anos o seu filho tem direito ao plano de saúde como dependente?

4 min de leitura

Você está procurando por um bom plano para você e sua família, mas ainda tem dúvidas sobre a inclusão de dependentes e até quantos anos o seu filho tem direito ao plano de saúde?

Todas as burocracias e judicialização dos convênios podem tornar mais difícil o acesso às informações e até mesmo na questão de transparência de um plano de saúde.

Mas pode ficar tranquilo, pois hoje vamos explicar até que idade pode ser dependente em plano de saúde e o que você precisa fazer para incluir seu filho ou até mesmo enteado, trazendo mais segurança para toda a família.

Quer saber mais sobre esse assunto? Vamos juntos tirar as principais dúvidas e ver a importância de ter um plano de saúde que entenda as suas necessidades.

O que a ANS diz sobre a inclusão de filhos como dependente?

Quando falamos sobre a inclusão de dependentes no plano de saúde, devemos lembrar que a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) estabelece algumas regras em relação a isso, como grau de parentesco, quem pode ser incluído e até mesmo até quantos anos o filho tem direito.

Entretanto, esses limites não são considerados taxativos. Ou seja, funciona como um indicativo, em que cada operadora pode optar por ampliar de acordo com as suas próprias políticas.

Então, se você está preocupado em encontrar um plano de saúde para sua família, é importante lembrar que existem opções em que, independentemente da idade (ou até mesmo do grau de parentesco), todos estarão protegidos. E é isso o que queremos, não é mesmo?

Afinal, até quantos anos o filho tem direito ao plano de saúde?

Quando pesquisamos sobre até que idade o filho tem direito ao convênio médico, os resultados que encontramos são aqueles padrões, estabelecidos pela ANS. 

A operadora é obrigada a fornecer o plano de saúde para o recém-nascido nos primeiros 30 dias de vida. Após esse período, a criança entra na faixa etária correspondente.

Em relação à idade máxima em que os filhos ou enteados podem ser dependentes do plano de saúde dos pais, o que normalmente vemos é o seguinte:

  • Até 21 anos completos para filhos solteiros;
  • Até 24 anos no caso do filho ser estudante (de faculdades ou cursos técnicos), sendo necessário apresentar a declaração de matrícula.

Mas, como vimos anteriormente, isso pode variar de acordo com a operadora que você escolher para proteger não apenas você, mas toda a sua família. Por isso, são questões que sempre devemos estar atentos, não é mesmo?

Leia também: Como escolher um plano de saúde ideal: 7 dicas para você

Como funciona a inclusão de dependentes?

Agora que você já sabe até quantos anos o filho tem direito ao plano de saúde, deve estar se perguntando como incluí-lo, não é mesmo? Afinal, será que é um processo muito burocrático?

Como falamos anteriormente, no caso dos recém-nascidos, a inclusão pode ser feita em até 30 dias do nascimento, evitando o cumprimento da carência.

Entretanto, se você estiver escolhendo pelo seu plano agora e já tiver filhos ou enteados, será necessário que os dependentes cumpram as exigências da carência, assim como o titular do plano de saúde.

Para que a inclusão de dependentes seja feita no plano de saúde, é necessário apresentar alguns documentos, que também podem variar de acordo com cada operadora. Essencialmente, são eles:

  • Filhos naturais: certidão de nascimento;
  • Filhos adotivos ou sob guarda e tutela: decisão judicial que comprove a adoção, guarda ou tutela pelo beneficiário titular;
  • Enteados: certidão nascimento do enteado e certidão de casamento ou documentos que comprovem união estável do casal.

Então, a partir do momento que você envia os documentos para inclusão de dependentes, é necessário aguardar um período até que a operadora informe que está tudo certo e que os seus filhos podem usufruir dos benefícios do plano de saúde.

Será que devo incluir meu filho como dependente?

Muitas pessoas ficam com dúvidas se devem ou não incluir os filhos como dependentes em seu plano de saúde, afinal, é um gasto a mais e consideram que, por serem mais novos, também são mais saudáveis.

Mas a verdade é que devemos sempre considerar as situações que estão fora do nosso controle quando falamos sobre a nossa saúde e daqueles que amamos.

Ou seja, em situações de urgência e emergência, quando houver a necessidade de internações ou até mesmo fazer uma cirurgia, um plano de saúde hospitalar com certeza faz toda a diferença.

Sejamos sinceros: essas são situações que ninguém quer pensar que podem ocorrer, principalmente com os nossos filhos. Mas acidentes acontecem e doenças inesperadas também, independente de ser uma pessoa saudável ou não. 

Por isso, ter a proteção de um plano de saúde nesses momentos e saber que você pode contar com uma assistência médica é importante para não ser pego desprevenido e, principalmente, para cuidar da sua saúde quando mais precisar.

Proteja a sua família com a cuidar.me

Agora, se você está procurando por um plano de saúde para toda sua família, não podemos deixar de ressaltar os benefícios da cuidar.me

Aqui, você não precisa se preocupar com até quantos anos seu filho tem direito ao plano de saúde, porque isso não é um impeditivo para que ele continue sendo o seu dependente. Ou seja, não temos limites de idade e nem de grau de parentesco.

Mas vamos além: com o nosso plano de saúde hospitalar você tem a segurança de estar protegido quando mais precisar:

  • Atendimentos de emergências e urgências;
  • Internações sem limites de dias;
  • Cirurgias, sejam elas emergenciais ou eletivas;
  • Atendimento à distância através da telemedicina, para que você não precise pegar filas no pronto-socorro sem motivo.

E muitas outras vantagens, como contar com uma rede de hospitais que são referência na qualidade do atendimento. Ou seja, você e sua família tem cobertura para o que realmente importa, com preços acessíveis a partir de R$139 mensais.

Economize no plano, não na saúde. Cadastre-se agora mesmo e passe a contar com a proteção da cuidar.me para você e toda sua família.

Marcus Vinicius Gimenes

Marcus Vinicius Gimenes

CRM: 124766

Fundador da cuidar.me e Médico Cirurgião Cardíaco formado pela UNIFESP-EPM. Há 10 anos empreendendo com propósito de viabilizar o acesso à saúde de qualidade com preço baixo, transparência e empatia, de modo digital e simples.

1 posts