Como escolher um plano de saúde ideal para você: 7 dicas
como-escolher-plano-de-saude

Como escolher um plano de saúde ideal: 7 dicas para você

5 min de leitura

Sabemos que muitas dúvidas podem surgir no momento de contratar um plano de saúde para você. Entender quais são os critérios que devem ser levados em consideração pode ser o diferencial na sua satisfação com o plano escolhido.

E, afinal, todos queremos estar protegidos, não é mesmo? Mas como escolher um plano de saúde é uma decisão que vai fazer toda a diferença. Ou seja, antes de contratar um, é importante que você esteja atento a algumas questões.

Tempo de carência, cobertura do plano, ANS… São tantas coisas que podemos até nos confundir. Mas, para facilitar o seu trabalho em como contratar um plano de saúde, temos algumas respostas para você neste conteúdo.

Então, prepare-se para saber mais sobre esse universo dos planos de saúde, conheça os diferentes tipos que existem e saiba quais benefícios representam um grande diferencial nesse momento.

Afinal, falar da nossa saúde é um assunto sério. E estar preparado para situações de emergência ou caso aconteça algum acidente, mais ainda

Vale a pena ter um plano de saúde?

Muitas pessoas ficam com dúvidas sobre os benefícios de ter um plano de saúde ou até mesmo se vale a pena para você. 

Mas a verdade é que cuidar da nossa saúde é mais complicado quando não temos um plano de saúde. Por mais importante que o SUS seja para o nosso país, não podemos negar que é um sistema sobrecarregado e, por isso, contar com ele pode ser complicado  em alguns momentos cruciais, como nos atendimentos de emergências e até mesmo quando há necessidade em realizar cirurgias.

E neste momento, o que você faz? Como ter a tranquilidade de que será bem atendido quando mais precisar? Por esses motivos, é tão importante escolher um plano de saúde que entenda as suas necessidades e que se adapte ao que você necessita.

7 dicas para entender como escolher o plano de saúde ideal

Se você está aqui, então certamente reconhece a importância disso tudo. Agora é o momento de entender como escolher um plano de saúde para ter mais tranquilidade e segurança no seu dia a dia. Então, confira essas dicas que separamos para você.

1. ANS

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) é o órgão que regulariza todos os planos privados e convênios de saúde no país, por conta da determinação da Lei nº 9.656, em junho de 1998.

Além da regularização, a ANS também é responsável pela normatização, controle e fiscalização das atividades relativas aos planos de saúde. Tudo isso com o objetivo de promover a defesa do interesse do público nos serviços privados.

Mas você deve estar se perguntando o que você tem a ver com a ANS. Bom, para saber como escolher um plano de saúde, o primeiro passo é verificar se os convênios que você está buscando possuem registro na agência.

Isso traz muito mais segurança para você, já que conta com a certeza de que o plano segue todas as recomendações do órgão regulatório do nosso país.

2. Formas de contratação

Atualmente, existem duas principais formas de contratação: a empresarial e a individual. Cada uma apresenta particularidades as quais você deve estar atento antes de adquirir um plano de saúde.

A principal diferença entre elas está em quem pode adquirir o plano. No caso do convênio médico empresarial, as empresas são as responsáveis por fazer toda a negociação e pagamento com a operadora e oferece o plano como um benefício ao colaborador.

Entretanto, é necessário ficar atento aos descontos em folha que serão feitos no caso da contratação e até mesmo na questão da coparticipação — em que o beneficiário deve pagar uma porcentagem pelos procedimentos e atendimentos que fizer.

No caso do plano de saúde individual, é a própria pessoa física quem realiza a contratação do plano diretamente com a operadora, o que oferece vantagens no sentido em que você pode escolher um convênio que atenda às suas necessidades, e não aquele indicado pela empresa. 

Nesse caso, é importante atentar-se a questões como a cobertura, tipos de acomodação e até mesmo na facilidade em como contratar o plano de saúde e entrar em contato com a operadora. 

3. Cobertura do plano

A cobertura é um fator essencial quando pensamos em como escolher um plano de saúde ideal para você. Isso porque, além de trazer mais segurança de acordo com o que cobre (ou não), também impacta diretamente no valor do plano.

As principais alternativas na cobertura do plano são:

  • Ambulatorial: consultas médicas eletivas, seja em clínicas ou em consultórios, assim como exames ambulatoriais;
  • Hospitalar (com e sem obstetrícia): atendimento hospitalar em urgência e emergência no pronto-socorro ou internações, podendo incluir parto e obstetrícia dependendo do plano em questão;
  • Segmentação referência: junção das duas opções anteriores, incluindo o atendimento tanto ambulatorial quanto hospitalar;
  • Odontológico: atendimento exclusivo odontológico. 

4. Tipo de acomodação

Você sabia que também pode escolher a acomodação do seu plano de saúde? Isso pode fazer a diferença, principalmente em caso de internação.

Na enfermaria, o quarto é dividido com outros pacientes (normalmente duas ou três pessoas). Por conta disso, existem regras menos flexíveis em relação ao tempo de permanência dos acompanhantes e até mesmo o horário de visita. 

Mas a enfermeira representa uma opção com melhor custo-benefício em relação ao apartamento, que funciona como um quarto individual para o beneficiário. Isso traz maiores comodidades ao paciente e acompanhante, além de normalmente contar com um banheiro para uso exclusivo.

5. Carência do plano

Uma das principais dicas de como escolher um plano de saúde é atentar-se ao tempo de carência do plano, que muitas vezes pode vir em letrinhas miúdas no contrato.

Aqui, estamos falando sobre o tempo que o beneficiário precisa aguardar para conseguir ser atendido em diferentes procedimentos pelo plano de saúde. A ANS regulamenta os prazos máximo de carência, que são:

  • Urgência e emergência: 24 horas;
  • Consultas e exames simples: 30 dias;
  • Cirurgia e internação: 180  dias;
  • Exames complexos: 180 dias;
  • Parto: 300 dias;
  • Doenças preexistentes: 24 meses.

6. Rede credenciada

De que adianta contratar um plano de saúde se os hospitais que são referência não estão credenciados para atendê-lo?

Quando estiver pensando em como escolher um plano de saúde, não esqueça desse detalhe, que pode fazer toda a diferença no seu atendimento e bem-estar. Procure por hospitais que estejam próximos a você e, principalmente, que sejam reconhecidos por oferecerem um bom atendimento.

7. Facilidade na contratação e atendimento

Vamos ser sinceros: ninguém quer lidar com burocracias quando estamos falando sobre a nossa saúde, não é mesmo? Por isso, encontrar um plano de saúde que facilite não apenas no momento da contratação, mas sempre que você quiser entrar em contato com o suporte, é essencial.

Atente-se a algumas facilidades que o plano pode oferecer, como autoatendimento ou até mesmo um aplicativo com as respostas para suas principais dúvidas. Mas também não podemos deixar de contar com um time de suporte que esteja disponível a todo momento.

Escolha um plano de saúde individual que te entenda

Agora você conhece as principais questões que deve atentar-se quando estiver pensando em como adquirir um plano de saúde. Mas, mesmo considerando tudo isso, ainda existem muitas opções, não é mesmo?

Por isso, hoje te apresentamos a cuidar.me, um plano de saúde individual e hospitalar com preço justo e com coberturas essenciais para você. Aqui, você encontra diferentes benefícios, como:

  • Hospitais que são referência em atendimento;
  • Telemedicina para você não pegar fila à toa;
  • Descontos em consultas, exames e remédios.

Chega de ficar procurando por um plano de saúde que cabe no bolso e te protege de verdade. A cuidar.me foi feita pra você. Entre na lista de espera para o lançamento dos nossos planos e passe a contar com a proteção da cuidar.me.

Marcus Vinicius Gimenes

Marcus Vinicius Gimenes

CRM: 124766

Fundador da cuidar.me e Médico Cirurgião Cardíaco formado pela UNIFESP-EPM. Há 10 anos empreendendo com propósito de viabilizar o acesso à saúde de qualidade com preço baixo, transparência e empatia, de modo digital e simples.

1 posts