Como declarar plano de saúde no Imposto de Renda?
Como declarar plano de saúde no Imposto de Renda?

Como declarar plano de saúde no Imposto de Renda?

4 min de leitura

Quer incluir serviços de saúde para deduzir no Imposto de Renda, mas tem dúvidas sobre como declarar o plano de saúde? Saiba que todos os seus gastos com plano de saúde podem ser declarados no Imposto de Renda, inclusive para fins de dedução. Seja qual for o tipo de plano: empresarial, individual, individual por adesão. Até mesmo seus dependentes podem entrar na sua declaração.

Ela é realizada na aba “pagamentos efetuados”, sob o código 26 – Planos de Saúde no Brasil. Mas tudo isso deve ser feito com bastante cuidado e atenção para que você não caia na malha fina. 

De acordo com uma notícia veiculada na CNN, o que mais fez com que as pessoas caíssem na malha fina em  2020 foi o erro de lançamento de gastos com saúde. Nesse ano, mais de 900 mil declarações foram retidas pela Receita Federal e, dentro desse montante, 26% apresentaram alguma incoerência nas quantias relacionadas a despesas médicas.

Existem alguns detalhes importantes para aprender como declarar plano de saúde no Imposto de Renda. Separamos as informações mais importantes para você logo abaixo.  

Como declarar plano de saúde no Imposto de Renda: 2 formas

  1. Declarar manualmente

O primeiro passo de como declarar plano de saúde no Imposto de Renda é ir na seção “pagamentos efetuados” quando estiver fazendo sua declaração. Esse gasto será lançado lá sob o código 26, que tem a indicação de plano de saúde. Você vai precisar informar os seguintes dados:

  • CNPJ da sua operadora de saúde; 
  • Nome da operadora;
  • Valor pago no ano. 

Vale ressaltar que é preciso subtrair do valor pago a quantia que você gastou diretamente e recebeu reembolso. Você declara apenas aquilo que realmente gastou. Também é preciso identificar os pagamentos dos seus dependentes ou alimentandos – os beneficiários de pensão alimentícia. 

Por exemplo, se você está lançando um gasto que o seu filho fez com plano de saúde, você deve identificar no lançamento do Imposto de Renda que o gasto foi dele, incluindo o CPF. 

Se o seu plano é empresarial e a empresa paga uma parte dele, você deve receber um informe com os valores a serem declarados. Nesse caso, uma dica é você seguir de acordo com aqueles valores. 

Além disso, ao declarar plano de saúde no Imposto de Renda, nesse caso de ser empresarial, você só pode declarar a quantia que você paga. Portanto, retire o valor pago pela empresa e lance apenas aquele que saiu do seu salário. Da mesma forma, se a sua empresa paga seu plano de saúde totalmente, ele não poderá ser lançado no seu Imposto de Renda. 

Se você fez uma consulta particular e recebeu o reembolso do plano de saúde, ele também não pode ser declarado. 

  1. Importar dados da operadora do plano

Quer saber uma forma bem simples de como declarar plano de saúde no Imposto de Renda e que vai facilitar bastante a sua vida? A dica é pegar as informações diretamente com seu plano de saúde. Mas como faz isso? 

No próprio sistema de declaração de Imposto de Renda, a Receita Federal disponibiliza um botão escrito “importar arquivos do plano de saúde”, também na aba de “pagamentos efetuados”. Ao clicar nesse botão você vai importar toda informação que a sua operadora enviou para a Receita Federal em seu nome. 

Muito simples, não é mesmo? Se você optar por esse método, talvez nem tenha que digitar nada, apenas conferir se está tudo certinho. 

Posso declarar meus dependentes do plano de saúde no Imposto de Renda?

A resposta é sim! Desde que eles sejam seus dependentes no Imposto de Renda também. Mas, como assim? Como declarar plano de saúde dos meus dependentes no Imposto de Renda? 

Por exemplo, você tem o plano de saúde da sua empresa e seu cônjuge mais seu filho são seus dependentes no plano de saúde. Mas seu cônjuge trabalha, também declara Imposto de Renda e seu filho é dependente dele. Portanto, nesse caso, você só pode declarar os seus gastos com plano de saúde em seu Imposto de Renda. 

Por outro lado, se seu filho entrar como seu dependente no Imposto de Renda, então é possível declarar também os gastos dele com o plano de saúde. Dessa forma, é importante destacar que é obrigatória a declaração dos seus dependentes com CPF. Ah, mas meu filho é uma criança, não tem CPF! Então, vai ser necessário cadastrá-lo declarar o Imposto de Renda.  

Outra situação que vale destacar é que seu cônjuge poderá também declarar em seu próprio Imposto de Renda aquilo que ele gastou com plano de saúde, mas que foi descontado do seu salário. Ou seja, você não pode declarar do seu cônjuge, mas como vocês fazem parte do mesmo grupo familiar, ele pode declarar o que você gastou com ele. 

É importante lembrar que todo comprovante que for utilizado na declaração de Imposto de Renda deve ser guardado por até cinco anos. Esse é o prazo que a Receita Federal tem para analisar as declarações e verificar se estão corretas. 

Como contratar um plano mais barato?

Agora que você viu como declarar plano de saúde no Imposto de Renda percebeu como seu plano está caro? A partir de então, ficou pensando em buscar um outro plano com melhor custo-benefício

Realmente, muitas vezes este acaba sendo um gasto bem alto. Mas é algo essencial que não dá para abrir mão, não é mesmo? A boa notícia é que dá para escolher um plano bom e barato, que vai te atender muito bem e que você pode contar sempre que precisar. 

Uma dica é optar pelos planos de saúde da cuidar.me. São planos de saúde individuais e empresariais que oferecem o essencial para você não ficar desamparado nos momentos de emergência e que não te fazem gastar uma fortuna. 

A cobertura do planos de saúde hospitalares da cuidar.me incluem:

  • Atendimentos de urgência e emergência;
  • Internações com número ilimitado de dias; 
  • Cirurgias (eletivas ou emergenciais). 

Além disso, a cuidar.me também oferece atendimento via telemedicina, 24 horas por dia, sete dias por semana. Isso reduz a necessidade de ficar horas em filas. Outro benefício é um espaço no próprio aplicativo em que você consegue agendar consultas eletivas e exames com descontos. 

Então não perca mais tempo! Cadastre-se agora mesmo e passe a contar com a proteção da cuidar.me.

Marcus Vinicius Gimenes

Marcus Vinicius Gimenes

CRM: 124766

Fundador da cuidar.me e Médico Cirurgião Cardíaco formado pela UNIFESP-EPM. Há 10 anos empreendendo com propósito de viabilizar o acesso à saúde de qualidade com preço baixo, transparência e empatia, de modo digital e simples.

1 posts