Crianças na pandemia: quais são os cuidados necessários?
criancas-na-pandemia

Crianças na pandemia: dicas para pais em quarentena

5 min de leitura

Você já percebeu que com tudo o que tem acontecido no último ano, os níveis de estresse e ansiedade aumentaram até mesmo para as crianças na pandemia? 

Afinal, antes disso tudo, elas tinham diferentes tarefas para realizar no dia a dia: ir à escola, brincar com os colegas, atividades extracurriculares. Todas as atividades normais referente à infância, e que contribuem para o desenvolvimento natural das crianças. Agora, além de se adaptar a uma nova realidade, também é necessário tomar alguns cuidados extras.

Conciliar as tarefas domésticas, o trabalho em casa e as atividades das crianças na quarentena pode ser um desafio. Mas é essencial não deixar os cuidados com os pequenos de lado, principalmente quando falamos sobre a sua saúde mental.

E, afinal, como lidar com tudo isso? Como distrair as crianças em casa durante o tempo livre e até mesmo dar a atenção que elas precisam? Quais cuidados você tem que ter para não prejudicar o seu desenvolvimento? 

Sabemos que esse cenário ainda é um agravante para o estresse dos pais, e que muitos estão preocupados e aflitos com o desenvolvimento de seus filhos, além de alguns também se sentirem culpados. O primeiro passo é respirar fundo, entender que todos estão na mesma situação e que você não pode se cobrar tanto.

Criamos um conteúdo pensando em todas essas questões, trazendo algumas dicas para os pais que estão preocupados com os impactos que a pandemia pode ter na vida das crianças. Continue a leitura!

Como o isolamento social afeta as crianças?

O primeiro passo para entender como lidar com as crianças na pandemia é lembrar que o estresse afeta todo mundo: inclusive os pequenos. 

Se antes eles tinham tempo de sobra para brincar com os amigos, aprender diferentes coisas na escola e viver situações diversas diariamente, agora estão presos em casa apenas com os pais. 

Isso pode trazer alterações no humor e até mesmo no sono das crianças, afinal, a energia está sendo gasta de uma maneira completamente diferente. E independentemente da idade, é muito difícil lidar com mudanças abruptas.

Além disso, também devemos considerar a limitação de espaço para brincar, a redução de atividades físicas, dificuldades nos estudos e até mesmo a falta de interação social, algo essencial para qualquer criança.

Você, como responsável pelos pequenos, com certeza já se pegou pensando no que fazer com as crianças. Quais atividades são possíveis de incluir no dia a dia? Qual o tempo adequado para usar a televisão, tablets e celulares? Como conciliar tudo isso à sua rotina?

Com certeza essa não é uma tarefa fácil para nenhum dos dois lados. O importante é encontrar o equilíbrio e fazer dar certo, mesmo que seja necessário abrir mão de algo. Pensando nisso tudo, separamos algumas dicas e cuidados importantes que você deve ter com as crianças na pandemia, procurando minimizar os desafios para todos.

Cuidados importantes com as crianças na pandemia

Explique a situação e os cuidados necessários

O primeiro passo em toda essa situação é ser sincero na explicação sobre o que está acontecendo no mundo. Entretanto, é importante saber como falar isso, para que a possibilidade de transmissão do coronavírus não seja um estresse ainda maior para as crianças ou até mesmo cause pânico.

Explique o porquê precisamos ficar todos em casa, o motivo pelo qual elas não podem ir à escola ou até mesmo descer no parquinho do condomínio para brincar com os amigos. Mostre a importância dos cuidados com a higiene diária e ensine a como lavar as mãos e a usar a máscara da maneira adequada.

É essencial que a criança entenda que tudo isso são medidas temporárias e que em breve a sua rotina voltará ao normal. Mas que, neste momento, devemos todos seguir as medidas de segurança e cumprir com o distanciamento social.

Estabeleça uma nova rotina

Aquela rotina de acordar cedo, ir para a escola para aprender e brincar com os amigos e só depois voltar para casa já não faz parte dessa nova realidade. Agora, as crianças na pandemia contam com os pais em casa diariamente, mas precisam aprender a lidar com as suas obrigações da mesma maneira.

Pensando nisso, você pode estabelecer alguns horários para as principais atividades do dia, como:

  • Horário para acordar e dormir;
  • Fazer as refeições;
  • Estudar;
  • Atividades de lazer.

A organização diária auxilia diretamente no bem-estar da criança, além de deixá-la mais familiarizada com a situação, já que possui atividades para fazer durante o dia.

Entretanto, é importante ensinar a criança a descansar. Ter um momento de descanso é fundamental, como mostra a cartilha “Crianças na pandemia covid-19” do Ministério da Saúde com a Fiocruz. 

Deixe a criança se expressar

Crianças precisam ser crianças. E isso envolve deixá-las e incentivá-las a exprimirem os seus pensamentos, sentimentos e vontades. Até mesmo os medos e hesitações devem ser expressados, já que isso permite que os pais entendam melhor como lidar com a insegurança dos pequenos. 

É muito comum, principalmente quando estamos estressados ou apenas na correria do dia a dia, que os adultos acabem podando as crianças. Entretanto, é importante ter consciência disso e de que deixá-las se expressarem é essencial para o seu desenvolvimento.

Dê atenção

Parece óbvio, não é mesmo? Mas a rotina, o trabalho em home office, os cuidados com a casa e as inúmeras preocupações diárias fazem com que isso seja importante de ser ressaltado.

As crianças sempre querem atenção dos pais e a pandemia apenas reforçou isso. Imagine como é para ela, que estava acostumada a ver os pais por um curto período de manhã, ir para a escola e só voltar a ver os responsáveis à noite, quando eles voltam do trabalho?

Mas agora, na pandemia, estão todos em casa ao mesmo tempo todos os dias, algo muito raro de acontecer antes. É claro que a criança vai demandar atenção o tempo todo. O importante é achar o equilíbrio e dar também autonomia para que ela também aprenda a ficar sozinha às vezes.

Inove nas atividades

Neste momento em que as crianças ainda não voltaram às aulas e muitas vezes não têm com quem brincar, é importante pensar em atividades diferentes para elas realizarem em casa.

Isso inclui desde brincadeiras com os próprios pais, mas também aquelas que eles conseguem fazer sozinhos, com autonomia, para que não fiquem totalmente dependentes.

A inovação nessas atividades ajuda as crianças na pandemia a não ficarem presas apenas na televisão e tablets. O ideal é instigar a curiosidade e criatividade através de atividades manuais, como massinha de modelar, desenhos e pinturas.

Não se esqueça de incentivar atividades físicas para que as crianças não fiquem paradas o dia inteiro. Caso você pratique alguma, como yoga, é uma boa ideia incluir o seu filho para realizar junto com você.

Como proteger as crianças?

Proteger as crianças do coronavírus pode não ser uma tarefa fácil, principalmente para aquelas mais novas, que ainda não entendem totalmente a importância de seguir certos cuidados.

Como vimos, a própria questão do distanciamento social e de mantê-las longe dos amigos e de pessoas que estavam acostumadas a ver diariamente representa um desafio para a saúde emocional dos pequenos.

Ainda assim, é importante se precaver. Em um cenário um tanto quanto incomum do que estamos acostumados, cuidar da saúde e estar prevenido nunca falou tão alto. Pensando em tudo isso, apresentamos o plano de saúde hospitalar da cuidar.me.

Com valores acessíveis a partir de R$ 139, é possível proteger aqueles que você ama quando eles mais necessitarem. Sabemos que ninguém gosta de pensar nisso, mas a verdade é que precisamos estar preparados para acidentes e situações de emergências.

Aqui você tem cobertura para atendimento de emergência em pronto-socorro, internações, cirurgias (eletivas e de urgência), terapias intensivas e até mesmo PS virtual a qualquer horário ou dia da semana.

Cadastre-se agora mesmo e encontre toda a proteção que você e suas crianças precisam com a cuidar.me.