Como encontrar um plano de saúde mais barato? 5 dicas
plano-saude-mais-barato

É possível encontrar um plano de saúde mais barato?

4 min de leitura

Encontrar um plano de saúde mais barato tem sido um desafio para muitas famílias que não querem depender do sistema público, mas que qualquer economia no fim do mês pode fazer uma grande diferença.

Afinal, não tem como falar de saúde, sem esquecer a parte financeira, não é mesmo? Mas será que existem opções que são mais em conta e cabem no seu bolso, sem perder a qualidade dos serviços?

Será que é possível encontrar o plano de saúde mais barato do mercado? Quais são as questões que você deve se perguntar neste momento? O que realmente vale a pena para você?

São muitas dúvidas quando falamos sobre escolher ou até mesmo trocar por um plano de saúde mais em conta. Vamos juntos descobrir mais sobre este assunto, facilitando a sua decisão neste momento tão importante.

O que define o custo de um plano de saúde?

Quando falamos sobre o custo de um plano de saúde, devemos pensar não apenas em seu valor mensal, mas também em tudo o que está incluso dentro das vantagens de assistência médica. Aqui, estamos falando sobre as questões de custo-benefício.

São diferentes critérios que definem o preço de um plano, como:

  • Operadora;
  • Cobertura;
  • Faixa etária;
  • Tipo de internação;
  • Abrangência geográfica.

Dentro dessas condições, será que é possível encontrar um plano de saúde mais em conta, mas que ao mesmo tempo satisfaça todas as suas necessidades? Afinal, como escolher um entre tantas opções? Descubra a seguir! 

5 perguntas antes de escolher um plano de saúde mais barato

Se você está procurando por um plano de saúde individual, então o primeiro passo é se perguntar sobre quais são as suas preferências e reais necessidades. Afinal, isso terá um impacto direto no preço do plano, como falaremos a seguir.

Para simplificar essas questões, trouxemos algumas perguntas que você deve se fazer antes de decidir entre um ou outro, com o objetivo de tornar essa escolha mais fácil. Vamos juntos?

1. Quantas operadoras você conhece?

Você sabia que existem mais de 700 operadoras registradas na ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar)?

Muitas vezes, ficamos tão presos aos convênios tradicionais que nos esquecemos de procurar outras alternativas, que podem ser muito mais interessantes financeiramente, mas que ainda apresentam as mesmas vantagens que outros planos.

Considerando que você quer optar por um plano de saúde mais barato, vale a pena pesquisar bem antes de contratar um, inclusive dando atenção às novas operadoras, que podem apresentar condições mais interessantes.

2. Quais serviços você precisa?

Aqui, vamos falar sobre a cobertura do seu plano de saúde, uma das principais questões quando pensamos no preço.

O plano ambulatorial cobre os serviços como consultas médicas, exames sem internação e demais procedimentos ambulatoriais (como curativos, retiradas de pontos e punções) que não precisem de recursos mais complexos.

Parece bom, certo? Entretanto, o que muitos desconhecem é que a cobertura ambulatorial pode encarecer o plano de saúde em até 70%. Agora é o momento de se perguntar: quantas vezes você vai ao médico por ano? Uma ou duas? Será que vale a pena pagar por um serviço que não vai utilizar, sendo que é possível encontrar outras alternativas?

Por outro lado, temos o plano de saúde hospitalar que cobre atendimentos de urgência e emergência, internações sem número limitado de dias, cirurgias eletivas e emergenciais. Além disso, caso seja do seu interesse, é possível contratar um plano com obstetrícia e parto, garantindo mais conforto e segurança para as grávidas e seus bebês.

Nesse caso, a pergunta é outra, afinal, é claro que ninguém quer pensar em precisar ir para o pronto-socorro ou fazer cirurgias. Mas acidentes acontecem, aí vem o questionamento: você quer estar protegido e saber a quem recorrer neste momento?

3. Quais são as suas necessidades?

Você viaja muito a trabalho e precisa de um plano que tenha abrangência nacional? Ou será que um destinado apenas à sua região já é uma alternativa interessante? Essa questão parece simples, mas influencia no preço que você vai pagar.

Tendo isso definido, é o momento de pensar na rede credenciada de um plano. Afinal, não é porque você está procurando pelo plano de saúde mais barato do mercado que não pode querer ser atendido em hospitais que são referência na sua região.

Por isso, dê uma olhada nos locais de atendimento do seu plano, não apenas se eles estão próximos a você e se são de fácil acesso, mas também se são referência.

4. Quais benefícios são interessantes para você?

Pense nessa situação: aconteceu um acidente e você precisou ser internado. Em qual acomodação você prefere ficar? Em um quarto compartilhado ou privativo? É importante lembrar que mesmo buscando por um plano de saúde mais em conta, ainda assim você pode ter conforto e tranquilidade nos momentos em que precisar. 

Além disso, a acomodação individual oferece outros benefícios, como mais comodidade para o acompanhante, além de um banheiro privativo. São os detalhes que fazem toda a diferença.

Outro ponto importante que devemos evidenciar é a facilidade ao atendimento médico, independentemente do local em que você esteja, graças à telemedicina. Ela oferece inúmeras vantagens, como:

  • Atendimento de urgência sem precisar pegar filas;
  • Tirar dúvidas sobre saúde, sintomas e doenças;
  • Suporte assistencial (podendo realizar encaminhamentos);
  • Monitoramento;
  • Solicitar segunda opinião médica;
  • Renovar receitas ou atestados. 

5. Já pensou nos detalhes?

Existem algumas questões nos planos de saúde que muitas vezes ninguém fala, mas que fazem toda a diferença no momento da contratação.

O primeiro exemplo que podemos dar é a inclusão de dependentes. Quando estamos procurando por um plano, queremos que toda a nossa família esteja protegida, certo? Pais, filhos, enteados… O importante é que ninguém fique na mão quando mais precisar.

Por isso, procure por planos que facilitem essa inclusão e não tornem esse processo uma grande dor de cabeça.

Outro ponto importante está relacionado à facilidade na contratação. Chega de letrinhas miúdas no contrato e grandes burocracias para cuidar da nossa saúde. Procure por um plano de saúde mais barato, mas que ainda assim ofereça a transparência e praticidade que você precisa como em um plano digital.

Encontre o melhor plano de saúde para você

Cansou de procurar por um plano de saúde mais barato? Então, fique tranquilo, pois podemos te trazer uma resposta a todas essas perguntas anteriores.

Isso porque aqui na cuidar.me é possível encontrar plano de saúde hospitalar com preços mais acessíveis. E os benefícios são inúmeros. Ou seja, além de estar protegido quando você mais precisar, ainda contamos com:

  • Telemedicina;
  • Internações;
  • Atendimento em hospitais que são referência;
  • Acomodação em apartamento;
  • Descontos em medicamentos, exames e consultas;
  • Parto e pré-natal;
  • Cirurgias eletivas e de emergência;
  • Facilidade na inclusão de dependentes.

E muito mais! É o que faltava para você finalmente contratar um plano de saúde acessível para o seu bolso, mas com todas as vantagens que precisa. Ou seja, a cuidar.me foi feita para você. Economize no plano, não na saúde. Cadastre-se agora mesmo e passe a contar com a nossa proteção.

Marcus Vinicius Gimenes

Marcus Vinicius Gimenes

CRM: 124766

Fundador da cuidar.me e Médico Cirurgião Cardíaco formado pela UNIFESP-EPM. Há 10 anos empreendendo com propósito de viabilizar o acesso à saúde de qualidade com preço baixo, transparência e empatia, de modo digital e simples.

1 posts