Como ter economia na saúde? + 5 dicas para economizar
como-economizar-com-saude

Economia na saúde: 5 dicas sobre como economizar

5 min de leitura

Ter uma vida saudável, com uma boa qualidade de vida e bem-estar é o sonho de todos nós, certo? Mas será que é possível ter economia na saúde? Ou seja, contar com a proteção que você precisa, mas sem que isso pese no seu orçamento familiar?

Apesar de termos um Sistema Único de Saúde, que é referência em diversas questões, sabemos que depender dele para cuidar da nossa saúde pode ser um desafio – principalmente em momentos de urgência, internações e para realizar cirurgias.

Afinal, cerca de 75% da população brasileira não têm um plano de saúde, ou seja, são muitas pessoas dependendo do sistema público. 

Então, como economizar com a saúde, sem que isso prejudique os atendimentos que você precisa realizar e o seu bem-estar? Continue a leitura e confira algumas dicas!

É possível ter economia na saúde?

Já parou para pensar em como a nossa saúde está ligada a nossa qualidade de vida? Isso significa que, além de atentar-se às consultas e exames periódicos, também é importante cuidar da nossa alimentação, realizar atividades físicas e, é claro, pensar na nossa saúde mental.

Todas essas questões influenciam diretamente no nosso bem-estar, o que pode gerar uma considerável economia na saúde. Mas, ao mesmo tempo, sabemos como o nosso corpo pode ser imprevisível – doenças podem aparecer de uma hora para outra, sem falar nos acidentes que podem acontecer e nos pegar desprevenidos.

Neste momento, contar com a proteção de um plano de saúde é fundamental para que você tenha economia. Isso parece contraditório para você?

Mas a verdade é essa: apesar de ser possível encontrar alternativas aos planos de saúde, principalmente com consultas e exames eletivos, quando estamos falando sobre procedimentos hospitalares, tudo isso ganha uma nova perspectiva.

Isso porque atendimentos de urgência, internações e cirurgias são procedimentos que, quando feitos no particular, acabam sendo muito mais caros e onerosos do que estamos esperando. No fim, é algo inacessível para a maior parte da população.

Por isso, contar com um plano que te garanta a proteção necessária neste tipo de atendimento acaba trazendo muito mais economia na saúde – sem falar, é claro, da tranquilidade de saber para onde você precisa correr quando mais precisar.

O que tudo isso significa? Ter um plano de saúde é uma das principais maneiras de ter economia na sua saúde. Mas, para isso, também é importante atentar-se a alguns detalhes em relação à escolha e contratação do plano. Vamos juntos ver mais sobre isso?

Como economizar no plano de saúde

Será que é possível encontrar um plano de saúde que atenda às suas principais necessidades, sem que isso impacte negativamente em seu orçamento familiar? Sim! Confira essas dicas sobre como economizar com saúde:

1. Faça uma análise do seu orçamento

Quando pensamos em contratar um serviço novo, é essencial analisar o seu orçamento para que não prejudique a sua saúde financeira. Afinal, não é isso o que queremos, certo?

A verdade é que, para ter economia na saúde, é fundamental que antes você entenda quanto pode investir em um plano de saúde para você e sua família, sem que isso comprometa o seu orçamento.

Afinal, não queremos que o plano de saúde se torne uma dor de cabeça ainda maior para você. Pelo contrário, o objetivo da contratação é te oferecer mais tranquilidade e conforto, sabendo que você tem a proteção necessária quando mais precisar.

2. Coloque tudo na ponta do lápis

Ainda na mesma linha da dica anterior, o ideal para verificar quanto você tem disponível para investir em um plano de saúde é colocar tudo na ponta do lápis (ou em uma planilha, se você preferir, é claro).

O objetivo é que você consiga enxergar de forma fácil todas as suas despesas, desde as essenciais como aluguel e contas de luz e água, até aqueles gastos menos necessários.

Além disso, ao começar a pesquisar por planos de saúde (falaremos um pouco mais sobre isso adiante) vale a pena listar os valores de cada operadora que você encontrar, e quais são as coberturas que cada uma oferece. 

Dessa maneira, fica muito mais fácil de analisar o seu orçamento e até mesmo as principais opções em planos que você tem, fazendo a melhor escolha para você e sua família.

3. Pense em quais serviços você precisa

Um ponto fundamental quando estamos pensando em como escolher um plano e, ainda sim, ter economia na saúde, é pensar nas suas necessidades.

Isso porque podemos encontrar mais de uma modalidade de plano de saúde, com diferentes benefícios. Mas alguns deles podem não fazer tanto sentido para você, quando consideramos o seu estilo de vida e principais necessidades.

Caso você esteja procurando por um plano de saúde para toda a sua família, faz sentido pesquisar por aqueles que garantem a inclusão de dependentes de maneira facilitada, certo? Evitando maiores burocracias e dores de cabeça desnecessárias.

Ao mesmo tempo, encontrar um plano digital pode fazer toda a diferença em relação à acessibilidade à saúde – tanto em questão de facilidade quanto através da telemedicina, que oferece diversos benefícios para o beneficiário.

Já imaginou não precisar sair de casa ou do escritório para realizar um atendimento médico de qualidade, sem pegar grandes filas no pronto-socorro? Esta é apenas uma das vantagens da telemedicina.

4. Não tenha preguiça de pesquisar

Parece óbvio, não é mesmo? Mas quando queremos ter economia de qualquer tipo, mas também na saúde, não podemos nos contentar com a primeira opção que aparecer.

Isso porque estamos tão acostumados aos convênios tradicionais, que muitas vezes acabamos não pesquisando sobre os novos planos que estão surgindo. Estes, além de oferecer um bom custo-benefício, acabam sendo muito menos burocráticos que os convênios mais conhecidos.

E tudo isso faz diferença no momento de contratar um plano de saúde, certo? Afinal, estamos procurando por comodidade e segurança, e não mais dor de cabeça. Por isso, não fique com preguiça e pesquise bem antes de escolher o plano ideal para você, pensando também nas suas necessidades.

5. Considere questões que podem baratear seu plano

Já pensou que existem algumas questões que podem trazer mais economia no seu plano de saúde? Um exemplo disso é a questão da abrangência

Alguns convênios oferecem uma abrangência nacional, ou seja, você pode ser atendido pelo plano em qualquer lugar do país. Mas esse serviço acaba tendo um custo maior, e só faz sentido se você viaja muito a trabalho.

Caso contrário, ter um plano de saúde que garanta atendimento nos principais hospitais da sua região já é o suficiente, gerando uma maior economia na contratação do serviço.

Outra questão importante a ser pensada é a cobertura. No plano ambulatorial, você tem assistência garantida em consultas eletivas e exames, além de procedimentos simples que não precisam da estrutura hospitalar, como suturas e curativos.

Agora vem a grande pergunta: quantas vezes você costuma ir ao médico por ano? Uma ou duas? Será que faz sentido você pagar por um serviço que não utiliza?

Por outro lado, o plano de saúde hospitalar garante atendimento aos momentos que você mais precisa (e que acabam sendo muito mais caros no particular), como: atendimentos de urgência e emergência, internação com número ilimitado de dias, cirurgias eletivas e emergenciais e muito mais.

Ou seja, quando você mais precisar, terá assistência garantida graças ao plano hospitalar. Além de todos esses benefícios, ele ainda pode custar até 70% menos que outras modalidades de planos. É sobre isso que falamos quando pensamos em economia na saúde, não é mesmo?

Preciso de um CNPJ para ter economia na saúde?

Muitos acreditam que para encontrar um plano bom e barato é necessário contratar com um CNPJ. Mas a verdade é que existem planos com contratação de Pessoa Física, ou seja, oferece muito mais praticidade e benefícios para você.

Então, para ter economia na saúde, você não precisa de um CNPJ. Este é o caso do plano de saúde hospitalar da cuidar.me! Aqui, estamos presentes nos momentos que realmente importam: 

  • Atendimentos de urgência e emergência em pronto-socorro, nos melhores hospitais da região;
  • Internações sem números limitados de dia e em quarto privativo;
  • Cirurgias, sejam elas eletivas ou emergenciais;
  • Atendimento a distância com a telemedicina, 24 horas por dia, 7 dias na semana;
  • Partos e pré-natal, para trazer mais segurança à família;
  • Terapias especiais e tratamento de doenças graves, como infarto, AVC e câncer;
  • Descontos em remédios, clínicas e laboratórios.

É um plano de saúde individual e hospitalar em que você conta com a proteção para toda a sua família, ao mesmo tempo que cabe dentro do seu bolso.

Além disso, temos uma rede credenciada com hospitais que são referência na região, tudo com o intuito de oferecer o melhor atendimento para quem você ama

Economize no plano, não na saúde. Cadastre-se agora mesmo e passe a contar com a proteção da cuidar.me para você e toda sua família.

Marcus Vinicius Gimenes

Marcus Vinicius Gimenes

CRM: 124766

Fundador da cuidar.me e Médico Cirurgião Cardíaco formado pela UNIFESP-EPM. Há 10 anos empreendendo com propósito de viabilizar o acesso à saúde de qualidade com preço baixo, transparência e empatia, de modo digital e simples.

1 posts